Blog

Pinterest atrai olhares também de empresas

Com mais de 10 milhões de usuários no mundo, um público predominante feminino e na 3ª posição de rede social mais acessada dos Estados Unidos, segundo pesquisa da ComScore e Experian Hitwisw, o Pin (alfinete) interest (interesses), que está desde 2009 no mercado começa a atrair os olhares também das empresas.

O Pinterest que para seus usuários é uma espécie de biblioteca de favoritos funciona para as empresas, como um catálogo online, no qual é permitido lançar produtos e ditar suas tendências. De olho em estratégicas de aproximação com o cliente, empresas como Tecnisa, Imaginarium e Netshoes já investem no Pinterest e vem atraindo mais consumidores e alavancando suas vendas.

Uma pesquisa recente revelou que 21% dos usuários compraram produtos que estavam expostos na rede social, porém é importante atentar-se que ninguém pode comprar nada pelo Pinterest. O site funciona como uma vitrine, no qual o usuário é redirecionado para o e-commerce do varejista. O objetivo é construção da marca por meio do relacionamento com o cliente.

Outra vantagem que chama cada vez mais a atenção dos investidores é que por ser uma rede social, no qual não há muito espaço para comentários, o Pinterest deixa os anunciantes em vantagem em relação ao “consumidor”, já que nas outras redes sociais como o Facebook e Twitter os usuários tem um canal direto para expressar sua insatisfação com a marca.

Diante do expressivo crescimento, a rede de compartilhamento de imagens tem atraído cada vez mais empresas. As pessoas já percebem o poder, que este público na grande maioria formado por mulheres, tem de formar opinião e influenciar no poder de compra.