Blog

Tecnologia 4G: quando chega e o que vai mudar

Tecnologia 4G: quando chega e o que vai mudar

A implantação da telefonia móvel 4G no Brasil chega como um grande avanço para o país. Segundo o Ministro das Telecomunicações, Paulo Bernardo, a tecnologia de quarta geração de celulares (4G) passará a funcionar no Brasil antes da Copa de 2014, e possibilitará velocidades muito maiores para conexões móveis do que a existente hoje na rede (3G).

Segundo pesquisa realizada pela Accenture, o Brasil e a África do Sul são os países que mais acessam a web por meio de dispositivos móveis. Assim, com a nova tecnologia 4G, a utilização das redes sociais por meio de smartphones e tablets, por exemplo, passarão a ter um maior desempenho.

Quando vai funcionar no Brasil?

De acordo com os prazos informados pela Anatel, as redes 4G devem estar funcionando até abril de 2013 nas capitais-sede da Copa das Confederações: Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e Belo Horizonte terão que ter o serviço ativado; todas as sedes e subsedes da Copa do Mundo até dezembro de 2012; cidades com mais de 500 mil habitantes até maio de 2014; e, finalmente, em dezembro de 2017, em todos os municípios entre 30 e 100 mil habitantes.

Quais operadoras de telefonia vão utilizar?

No início deste mês, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) fechou os contratos da quarta geração (4G) com as principais operadoras de telefonia do país: Claro, Oi, Vivo e TIM.

Internet 4g

O que muda com a 4G?

O 4G pode ser até dez vezes mais rápido que o 3G, facilitando, por exemplo, a transmissão de vídeo, assim também como uma maior velocidade de transmissão de dados. Características que dependem de fatores como o local, recepção, quantidade de usuários na rede e etc. Com isso, espera-se uma grande melhora no desempenho de smartphones e tablets.

O que melhora na rede 3G?

Uma das operadoras vencedoras do leilão aposta que a chegada do 4G também trará vantagens para a rede 3G no que diz respeito ao aumento da velocidade, pois ficaria menos “congestionada” com a nova rede.

Quais funções vão melhorar com o 4G?

De modo geral, tudo ficará mais rápido. Desde o carregamento de sites a downloads de arquivos como músicas. A transmissão de vídeo (streaming) é outra função que também sairá ganhando muito, e fará muita diferença da utilização no 3G.

Já tem planos de modelos 4G para o Brasil?

Em pronunciamentos, fabricantes de smartphones e tablets deram algumas posições. A Samsung citou que o Galaxy S III, por exemplo, terá versão 4G no Brasil quando o serviço estiver disponível. A Sony não tem nada previsto, mas disse que se adequará as necessidades dos seus clientes. Já a Nokia e a Motorola não se posicionaram sobre o assunto.

Os novos tablets e smartphones tem antena para 4G?

Alguns modelos fabricados fora, como o novo Ipad, sim. Porém, sua antena não está ajustada para as faixas de frequência do 4G brasileiro, só para a americana e canadense. As faixas de frequência do 4G brasileiro estão entre 2.500 e 2.690 MHz. Nos EUA, as faixas são 700/800 e 1.700/1.900 MHz.  Na Europa, 800, 1.800 e 2.600; na Ásia, 1.800 e 2.600 MHz.