Blog

Campanhas em redes sociais: como medir o impacto

Campanhas em redes sociais, como medir o impactoCada vez mais se afirma o fato de estarmos vivendo na era digital. Tudo conspira a favor da internet. A tecnologia em computadores, smartphones e banda larga avança na velocidade da luz atraindo milhares de pessoas para a rede. Com isso, a necessidade das marcas se fazerem presentes neste meio, e consequentemente, de profissionais especialistas em marketing digital.

Um dos maiores desafios destes profissionais está em comprovar os resultados das campanhas on-line, os impactos que estas geram ao público-alvo. A grande diversidade de ações que podem ser empregadas e a complexidade para sua mensuração são os principais pontos. Afinal, o cliente quer saber de números, quanto o seu investimento terá retorno.

Objetivos, planejamento e monitoramento

Antes de tudo, para conseguir mensurar os resultados de uma campanha on-line de forma eficaz, faz-se necessário saber quais os objetivos que se deseja atingir com a campanha, planejar qual a ação que será tomada e monitorar frequentemente o andamento do processo. Feito isso, o próximo passo é utilizar as métricas, ferramentas para mensuração de resultados em campanhas digitais.

Ferramentas como o Google Analytics, permitem medir como as mídias sociais levam a conversões diretas ou conversões futuras, entender como elas melhoram indicadores de desempenho e otimizam o engajamento e elaborar estratégias eficientes de marketing digital.

Cada rede social tem sua peculiaridade (Facebook, Twitter,Instagram, Google +, e etc) e cada marca ou produto tem seu objetivo de comunicação. Portanto, deve-se pensar em um mix adequado de redes a serem utilizadas levando em conta onde o público-alvo está.

Métricas de mensuração de resultados de campanhas on-line

Com relação às métricas, existem diversas maneiras de saber como uma ação on-line está gerando resultados. Listamos algumas delas que também podem ser combinadas entre si para criar novas métricas.

– Volume de buzz criado em torno de uma marca com base no número de posts;
– Volume de buzz gerado com base no número de impressões;
– Competição com outros assuntos em alta;
– Buzz por categoria / tema;
– Buzz por canal social (fóruns, redes sociais, blogs, Twitter, etc);
– Fãs;
– Followers;
– Amigos;
– Taxa de crescimento dos fãs, seguidores e amigos;
– Abrangência ou alcance de segundo grau (conexões para os fãs, seguidores e amigos expostos – por pessoas ou impressões);
– Visualização iniciada pelos usuários (ex.: para vídeos);
– Likes / Favoritos;
– Comentários;
– Cliques;
– Pageviews (para blogs, microsites, etc);
– Aumento nas buscas devido à atividade social;
– Influência dos consumidores atingidos;
– Influência dos editores atingidos (ex: blogs);
– Mudanças no sentimento antes, durante e depois de programas de marketing social;
– Tempo gasto com conteúdo distribuído;
– Número de interações;
– Taxa de interação/participação;